Pesquisa Flecha Livros

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Friedrich Dürrenmatt - Biografia

Friedrich Dürrenmatt foi um dramaturgo e romancista alemão morto em 1990, atualmente considerado um dos mais importantes dramaturgos alemães da atualidade.


Friedrich Dürrenmatt nasceu em Konolfingen, na verdade na Suíça. Seu pai era o pastor da Igreja Konolfingen. Dürrenmatt participou da escola secundária  em Grosshöchstetten e passou seu tempo livro interessado em pintura, um interesse que preservou ao longo da vida toda. Depois de sua
família mudou-se para Berna em 1935, onde ele foi a uma escola secundária cristã, e foi estudar em Humboldtianum, uma escola particular.

Depois de se graduar em 1941, estudou filosofia, literatura, e ciências naturais na Universidade de
Zurique e na Universidade de Berna. Serviu para um
ano no exército suíço durante a Segunda Guerra Mundial e casou-se com a atriz Lotti Geissler em 1946.

O primeiro drama escrito por Dürrenmatt foi Es steht geschrieben (algo como "Está Escrito" em português, 1947) conseguiu uma ótima ressonância com os críticos, mas não teve muita sorte com o píublico que ignorou sua peça. Foi só com usa peça Romulus der Grosse (Romulus, o Grande de 1949) que ele conseguiu um bom público.

Dürrenmatt escreveu três romances policiais e seu primeiro trabalho de ensaios, Theaterprobleme - sobre considerações estéticas e artística no teatro contemporâneo em 1955.


Suas peças mais populares são Der Besuch der Alten Dame (traduzida para o inglês como The Visit, 1956)  e Die Physiker (O Físico, em 1962). Nessas peças ele examina temas como o poder, a responsabilidade e o sentimento de culpa. Dürrenmatt mais tarde serviu no conselho de administração do Zurique Schauspielhaus e continuou com seu trabalho de escrita até 1988.

As principais influências de Friedrich Dürrenmatt são Jonathan
Swift (1667-1745) e Bertolt Brecht. Friedrich Dürrenmatt é mais conhecido por suas sátiras comico-grotescas que exploram a religiosidade e questões filosóficas.

A posição filosófica de Friedrich Dürrenmatt era, no geral, pessimista que, de acordo o biógrafo Roger Crockett, "não acreditava que a humanidade tinha um futuro promissor neste
planeta, e ele criou em suas peças cenário após cenário situações para demonstrar essa conclusão."

Dürrenmatt ganhou numerosos prêmios que incluem o Prêmio Büchner Georg e o Prêmio da Crítica teatro de Nova York. mesmo depois sua morte, em 1990, sua peça Os Físicos estavam entre as peças mais executadas na Alemanha. Confira abaixo um clipe da montagem brasileira da obra:


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...