Pesquisa Flecha Livros

sábado, 5 de fevereiro de 2011

Robert Lowell – poeta americano

Robert Lowell – poeta americano
Robert Lowell – poeta americano (Vida e Obra).

Robert Lowell é um dos mais importantes poetas do século XX. Ele ficou muito famoso por ser considerado o fundador da “poesia confessional” rótulo que seu estilo de poesia levou após um dos seus mais renomados livro “Lifes Studies”.
Robert Lowell nasceu em 1917 em Boston, Massachusetts. Em uma família tradicional de pastores Puritanos e inclui entre seus descendentes inclusive um signatário da Constituição Americana. Ele estudo em escolas renomadas e foi fazer a universidade em Harvard.
O primeiro livro de Lowell foi publicado em 1944, este foi “Land of Unlikeness”. A recepção do livro foi fraca e sem nenhum impacto importante. Foi somente com seus segundo livro “Lord Weary’s Castle” que teve uma recepção formidável, culminando com o ganho do Premio Pulitzer em 1947. O sucesso foi tanto que ele recebeu a maior horária que pode ser ganha por um poeta dos Estado Unidos, ele foi nomeado “Consultant in Poetry to the Library of Congress” entre os anos de 1947-8. Seu próximo livro não tem uma boa recepção e é virtualmente esquecido, “The Mills of the Kavanaughs” (1951). No entanto ele conseguiu um novo grande sucesso, talvez seu mais significativo livro, “Life Studies” em 1959. Life Studies é importante na carreira de Robert Lowell pois é considerado o livro em que ele define o estilo que o tornaria renomado, o estilo profundamente pessoal e confessional de sua poesia.

O seu próximo livro é “Imitations”, uma série de traduções muito livres de poetas queridos de Lowell, como, Rilke, Rimbaud, Baudelaire e Pasternak. O livro causou certa polêmica pela heterodoxia da tradução de Lowell, que explicou na introdução do livro que estava mais interessado em fazer homenagens que ele chamou “imitações” inspirado nos seus poetas prediletos do que tradução mesmo.
Robert Lowell com Caroline Blackwood, romancista e sua
segunda esposa.
Lowell consiguiria obter ainda mais um premio Pulitzer em 1974, na sua carreira, em um dos seus últimos livros, “The Dolphin”. The Dolphin é também um livro polêmco, Lowell revelou, tempos depois, que teria usado parte de cartas de Elizabeth Hardwick em sua correspondência com ele, ela é sua ex-mulher e renomada a romancista, de forma modificada em alguns versos do livro. Seu último livro publicado em vida foi o volume “Day by Day”, que saiu em 1977, o ano de sua morte. 



Pouco antes de morrer Lowell encontra-se com o
outro gigante da poesia norte-americana (Allen Ginsberg).







Obras:
Land of Unlikeness (1944)
Lord Weary's Castle (1946) – vencedor do premio Pulitzer de 1947
The Mills of The Kavanaughs (1951)
Life Studies (1959) – um dos seus mais importantes livros.
Phaedra (translation) (1961)
Imitations (1961) -  uma polêmica tradução livre dos poetas prediletos de Lowell
For the Union Dead (1964)
The Old Glory (1965)
Near the Ocean (1967)
The Voyage & other versions of poems of Baudelaire (1969)
Prometheus Bound (1969)
Notebook (1969) (edição expandida e revisada, 1970)
For Lizzie and Harriet (1973)
History (1973)
The Dolphin (1973) – premio Pultizer de 1974.
Selected Poems (1976) (edição revisada, 1977)


Day by Day (1977) – ultimo livro revisado para publicação por Robert Lowell



The Oresteia of Aeschylus (1978)

Collected Poems (2003) – edição volumosa, com mais de 1000 páginas com todos os poemas publicados de Lowell.











Selected Poems (2006) (edição expandida)

Robert Lowell

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...