Pesquisa Flecha Livros

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Os melhores livros de 2008, a lista da Revista Veja. 1° Lugar - O Jovem Stálin.


O Jovem Stálin, de Simon Sebag Montefiore, Companhia das Letras, 508 págs.

Biografia do ditador georgiano Josef Stalin. O homem responsável pelas execuções de todos os homens da revolução russa, por destruir a primeira experiência consistente e duradoura de um estado operário. É descrito aqui em seus anos de adolescência e infância até sua ascensão como líder do governo soviético em 1927. O crápula, o monstro é, faz questão notar a VEJA, fazendo coro jocoso com a propaganda stalinista dos anos 40 “o pai dos povos”. Sebag Montefiore, realizou extensa pesquisa nos arquivos, agora abertos, da ex-URSS onde encontrou diversos documentos da vida pessoal do ditador. As vezes Montefiore parece jogar, ou auto-enganar-se com a propaganda pessoal, que todo ditado faz sobre si mesmo. Jogo perigo, o livro deixa passar ênfases importantes sobre a vida e o caráter de Stálin, que fez de tudo para esmagar toda oposição contra seu regime em todo o mundo. Falta ai, é claro, a dimensão política de sua ditadura – a tragédia mundial para o movimento operário – de ver a primeira revolução socialista bem sucedida da história ir definhando aos pouco. Para perceber tudo isso basta compara O jovem Stálin com a magnífica obra Stálin de seu arqui-inimigo político Leon Trotsky.



ou, Busque por mais livros sobre Stálin.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...